Tribuna Feirense

  • Facebook
  • Twiiter
  • 55 75 99801 5659
  • Feira de Santana, sexta, 19 de outubro de 2018

Valdomiro Silva

Chapecoense reage e mostra magia da Arena Condá

18 de setembro de 2018 | 13h 55
Chapecoense reage e mostra magia da Arena Condá

Parece mesmo haver algo de especial, uma energia positiva, na trajetória da Chapecoense, o pequeno time catarinense que há incríveis cinco temporadas permanece na Série A do futebol brasileiro. A equipe enfrenta em 2018, possivelmente, seu pior momento desde que debutou na competição, vivendo concreta ameaça de rebaixamento. No entanto, essa situação começa a se reverter.

O o alvi-verde pode manter o status de jamais ter experimentado o descenso, desde que subiu da Série D para a C, daí para a B e desta para a Primeira Divisão. Orgulha-se, seu torcedor, de figurar entre os seletos clubes brasileiros que jamais foram rebaixados (Santos, São Paulo, Cruzeiro e Flamengo).

Para elevar a expectativa de sua crescente torcida (tem média de público maior que o Vitória, por exemplo, quando atua em seu estádio), venceu os dois mais recentes jogos, em que teve o mando de campo. Derrotou o Atlético Paranaense, 2x1, e pelo mesmo escore superou o temível Internacional, que precisava ao menos de um empate para se manter na liderança do campeonato.

Portanto, dois jogos extremamente complicados. O Atlético Paranaense em ascensão e os gaúchos brigando pelo título. Por coincidência, iniciou essas partidas perdendo e, na técnica, na  raça e com impressionante apoio de sua torcida , conseguiu virar.

Este último confronto, da segunda-feira, frente ao Inter, guardou algo ainda mais curioso. Aos 49 minutos do segundo tempo, o goleiro Jandrey, novo herói da Chape, defendeu um pênalti cobrado por Leandro Damião. E aos 50, o mesmo Jandrey operou milagre, desviando finalização de Damião na pequena área.

Os mais de 16 mil torcedores presentes na Arena Condá foram ao delírio, com toda a justiça. E a Chapecoense, como um quê de magia, deixou o Z-4, devolvendo o Ceará ao alçapão. Com 29 pontos, ultrapassou os 28 dos nordestinos.

A Chape volta a atuar segunda-feira, dia 24  mais uma vez em seus domínios. Enfrentará o instável Fluminense do Rio. Boas chances deste emblemático,  querido e emergente time brasileiro engatar um terceiro triunfo seguido. Imaginem como estará a Arena Condá para este jogo, com tanta motivação após os ótimos resultados recentes.



Valdomiro Silva LEIA TAMBÉM

Charge da Semana

CHARGE DO BOREGA

As mais lidas hoje