Tribuna Feirense

  • Facebook
  • Twiiter
  • 55 75 99801 5659
  • Feira de Santana, quinta, 20 de setembro de 2018

Valdomiro Silva

São Paulo tropeça e Flamengo protagoniza maior zebra da temporada

03 de setembro de 2018 | 12h 51
São Paulo tropeça e Flamengo protagoniza maior zebra da temporada

O líder do Campeonato Brasileiro, São Paulo, tropeçou, ao empatar em 1x1 com o Fluminense do Rio, no Morumbi. Coloque-se esse resultado ruim na conta do atacante Diego Souza, expulso ainda no primeiro tempo. Fracasso maior, na rodada, e um dos maiores da temporada até aqui, foi do Flamengo, ante 60 mil torcedores no Maracanã, derrotado pelo vice-lanterna da competição, o brioso Ceará, por 1x0, ficando agora a 5 pontos de distância para o tricolor paulista.

O gol de Leandro Carvalho aos 48 do segundo tempo não premiou o melhor em campo, longe disso, mas puniu os mandantes, que não tiveram inteligência ao atacar durante toda a partida.  Louve-se o trabalho do folclórico e competente técnico do time cearense Lisca, o “Doido”, como foi apelidado no Recife pela torcida do Santa Cruz, onde passou. Está tirando leite de pedra.

Este mesmo “milagre” começa a ser operado em Salvador, no Vitória, pelo experiente, comedido e nada “doido” Paulo Cesar Carpegiani, o lendário volante do Flamengo dos anos 80. Se no ano passado ele passou pela capital baiana e arrumou um Bahia que vinha mal das pernas e, no final, chegou a classificar-se para a Sulamericana – segundo objetivo dos times nordestinos, pois o primeiro é livrar o pescoço da guilhotina – agora tenta repetir a dose com o rubro-negro.

No sábado, o Vitória derrotou o América de Minas, 1x0, após ter facilitado o caminho com a expulsão de Rafael, o Heman. O centro-avante quase quebra a perna do adversário, merecendo ser posto pra fora de campo ainda no início da partida.

O Grêmio, um dos favoritos ao título, atropelou em sua arena o Botafogo do Rio, 4x0. Afora o placar dilatado, nenhuma surpresa. Palmeiras bateu a Chapecoense, 2x1, em Chapecó, resultado que também é visto como normal no confronto de um time que luta para ser campeão e outro que se encontra na zona de rebaixamento.

O Inter, que persegue o São Paulo mais de perto que o Flamengo, empatou no Mineirão com o Cruzeiro e saiu no lucro. O time da casa teve gol anulado injustamente. Bom resultado para os gaúchos, que tem 3 pontos a menos que o líder.

Corinthians ficou no empate com o Atlético Mineiro, resultado ruim para ambos, que buscam ao menos vaga na Libertadores. E o Alberto Valentim, um ex-meia do Vitória, hoje treinador de alguma badalação após bom trabalho no Botafogo do Rio, começa mal no Vasco, sofrendo uma goleada dentro de casa para o Santos. O time da Vila esboça uma reação.

Por fim, na Arena da Baixada, o Bahia resistiu o primeiro tempo, mas na segunda etapa do jogo levou 2x0 do Atlético Paranaense. Se o Santos esboça reagir, o Furacão já consolidou a sua guinada. São agora nove jogos sem perder, sete deles pelo Brasileirão. Com um jogo a menos que os demais, o time sulista pode sonhar a essa altura com algo além do que almejam os nordestinos.  



Valdomiro Silva LEIA TAMBÉM

Charge da Semana

CHARGE DO BOREGA

As mais lidas hoje