Tribuna Feirense

  • Facebook
  • Twiiter
  • 55 75 99801 5659
  • Feira de Santana, quarta, 18 de julho de 2018

Segurança

PM preso após roubar pedestres em Salvador é suspeito de envolvimento na morte de jovem decapitado e carbonizado

07 de julho de 2018 | 15h 53
PM preso após roubar pedestres em Salvador é suspeito de envolvimento na morte de jovem decapitado e carbonizado
O cabo da Polícia Militar Jesimiel da Silva Resende, de 42 anos, que foi preso em Salvador por roubar pedestres no bairro da Boca do Rio, na sexta-feira (6), é suspeito de envolvimento na morte do jovem Geovane Santana Mascarenhas, de 22 anos, que foi decapitado e carbonizado, no ano de 2014, e, conforme decisão judicial, deve ir, junto com outros seis policiais, à júri popular pelo homicídio.
 
Jesimiel, que é lotado na 98ª Companhia Independente da Polícia MIlitar, em Ipirá, a cerca de 200 km de Salvador, e que respondia ao processo pela morte de Geovane em liberdade, foi preso em flagrante na Rua João José Rescala, no Imbuí, após cometer os assaltos.
 
Segundo a PM, com ele, foram apreendidos um revólver calibre 38, três aparelhos celulares pertencentes às vítimas, além de uma motocicleta com placa clonada e R$ 300. O policial que prendeu Jesimiel e as vítimas foram conduzidas para a 9ª Delegacia, onde o crime foi registrado.
 
Ainda de acordo com a PM, o suspeito foi baleado por outro policial, que estava em um carro oficial e disse ter presenciado um dos roubos praticados por Jesimiel, após ele ter reagido à abordagem. O cabo foi atingido na perna esquerda, socorrido pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) e levado para o Hospital Geral do Estado (HGE), onde permanece internado sob custódia.
 
A PM divulgou, neste sábado, que a Corregedoria da Polícia Militar irá instaurar um Processo Administrativo Disciplinar concomitantemente com a apuração na esfera criminal para investigar o cabo Jesimiel após a prisão dele em flagrante.
 
Em setembro de 2017, Jesimiel da Silva Resende também foi baleado durante uma tentativa de assalto, na região do bairro de Bom Juá, na capital baiana. Na ocasião, no entanto, ele foi a vítima. O policial foi abordado por dois homens em um carro. Conforme a PM, durante a ação, os criminosos atiraram no soldado e, em seguida, fugiram.

FONTE: G1



Segurança LEIA TAMBÉM

Charge da Semana

CHARGE DO BOREGA

As mais lidas hoje