Tribuna Feirense

  • Facebook
  • Twiiter
  • 55 75 99801 5659
  • Feira de Santana, terça, 07 de julho de 2020

Política

Zé Carneiro diz que Incardio privilegia paciente privado

18 de maio de 2015 | 16h 28
Zé Carneiro diz que Incardio privilegia paciente privado
Franklin Doria

Foto: Franklin Doria

 

O líder do governo municipal na Câmara, vereador José Carneiro fez críticas ao Instituto Nobre de Cardiologia- Incardio. Segundo ele, a referida instituição hospitalar não oferece aos pacientes do Sistema Único de Saúde- SUS o atendimento devido, priorizando os pacientes de atendimento particular. O edil sugeriu que a secretária Municipal de Saúde, Denise Mascarenhas reveja esta situação.
 
“Muitas vezes a gente critica o Hospital Geral Clériston Andrade, mas às vezes somos até injustos quando nos direcionamos a ele. O HGCA não é hospital especializado em cardiologia, mas ele e o Hospital Dom Pedro de Alcântara recebem pacientes infartados e não há outro caminho a não ser atendê-los. O Clériston é um hospital de urgência e emergência, é uma espécie de ‘estação de transbordo’ para pacientes infartados e quando pede regulação para o Incardio, que é conveniado ao SUS , não consegue. Isso acontece também com as policlínicas: desafio qual delas solicita uma regulação para o Incardio e tem uma resposta rápida”, avaliou.
 
Ainda na tribuna, Zé Carneiro afirmou que o Incardio não merece convênio com o SUS, pois não dar ao paciente sequer a chance de ser regulado. “Estou falando porque acho um absurdo um hospital especializado em cardiologia ser conveniado ao SUS e pacientes morrem em hospitais e policlínicas por falta de regulação. Este instituto só atendem pessoas que podem pagar pelo atendimento”, denunciou.
 
Em aparte, o vereador David Neto (PTN) afirmou que presenciou, no instituto referido, pessoas que necessitaram de atendimento pelo SUS, mas não conseguiram. O parlamentar afirmou que os médicos que trabalham no Incardio são mercenários. “O Incardio é praticamente particular. Os médicos que estão lá só pensam em dinheiro, são verdadeiros mercenários”, disse.
 
De volta com a palavra, o líder do Governo disse que não pode confirmar a informação do colega, mas garante que a direção do instituto é a culpada pelo atendimento prestado aos pacientes do SUS. “Não posso atribuir essa responsabilidade aos médicos, porque eles estão cumprindo uma determinação. Culpa a direção pelo que está acontecendo. Se a direção do Incardio não puder atender estes pacientes que deixe de ser conveniado aos SUS”, afirmou.
 
E pediu aos gestores mais atenção com a saúde de Feira de Santana. “Lamento esperançoso que os gestores do nosso Estado possam priorizar, em Feira de Santana, as especialidades de ortopedia, cardiologia e obstetrícia, pois são três problemas que a cidade enfrenta na saúde. Fica aqui minha insatisfação esperançoso de que a secretária municipal de Saúde, Denise Mascarenhas, não aceite que estes poderosos determinem quem entra naquele instituto”, pediu.
 
Também em aparte, o vereador de oposição Beldes Ramos (PT), o parabenizou pelo discurso e pediu que a secretária Municipal de Saúde também olhe com mais atenção para o atendimento de obstetrícia da cidade. “Parabéns pelo discurso e concordo quando diz que a questão financeira fala mais alto. Também solicito que a secretário olhe com mais carinho para a obstetrícia da nossa cidade e não só para a questão do Incardio”, pediu.
 
Para finalizar, Zé Carneiro parabenizou a cidade de Santanópolis, por ter sido representada no programa dominical Faustão, transmitido pela Rede Globo. “Uma criança de 9 anos que faz palestras, ler com perfeição e conhece demais a literatura. Parabéns Santanópolis, que está bem representada por aquele garoto”, elogiou.

FONTE: ASCOM



Política LEIA TAMBÉM

Charge da Semana

CHARGE DO BOREGA

As mais lidas hoje