Tribuna Feirense

  • Facebook
  • Twiiter
  • 55 75 99801 5659
  • Feira de Santana, terça, 07 de julho de 2020

Mundo

Alpinista de 85 anos morre ao tentar se tornar o mais velho e escalar o Monte Everest

06 de maio de 2017 | 14h 34
Alpinista de 85 anos morre ao tentar se tornar o mais velho e escalar o Monte Everest
Foto: Reprodução / Global Panorama
Um alpinista de 85 anos morreu neste sábado (6) ao tentar se tornar o homem mais velho a escalar o Monte Everest. Min Bahadur Sherchan, natural do Nepal, morreu em uma base da montanha a 5.380 metros de altitude.
 
De acordo com o Ministério do Turismo do Nepal, Sherchan morreu devido a um ataque do coração. Ele já havia estabelecido o recorde de pessoa mais velha a subir o Everest em 2008, então com 76 anos. No entanto, ele foi superado em 2013 pelo o alpinista japonês Yuichiro Miura, que tinha 80 anos.
 
A morte deste sábado (6) é a segunda da temporada atual de subida ao Everest, entre abril e maio. "Quero escalar o Everest para estabelecer um recorde que vai inspirar as pessoas a sonharem alto. Isso vai dar orgulho a pessoas velhas como eu", declarou Sherchan em entrevista à agência alemã DPA, em março.


Mundo LEIA TAMBÉM

Charge da Semana

CHARGE DO BOREGA

As mais lidas hoje