Tribuna Feirense

  • Facebook
  • Twiiter
  • 55 75 99801 5659
  • Feira de Santana, domingo, 09 de agosto de 2020

Esporte

Temporada do Bahia é marcada por alternância na camisa um

25 de abril de 2015 | 07h 51

Além de Jean, Omar e Douglas Pires já defenderam a meta do Tricolor entre o Baianão e a Copa do Nordeste

Temporada do Bahia é marcada por alternância na camisa um

O ano não tem sido tranquilo para os goleiros do Bahia. Desde a saída de Marcelo Lomba, em janeiro, todos os goleiros do clube - com exceção de Guido, recém-promovido da base - já tiveram oportunidade de entrar em campo para defender o tricolor. Considerado o sucessor de Lomba, Omar foi o primeiro a assumir a posição. Atuou em apenas cinco jogos e sofreu uma lesão no quadril.

Como Douglas Pires também se encontrava machucado, a vaga foi assumida por Jean, que estava no banco de reservas na partida contra o Globo-RN, fora de casa, quando o então titular se machucou. Depois daquela Quarta-feira de Cinzas (dia 18 de fevereiro),  o jovem engatou uma boa sequência e foi convocado em duas oportunidades para a seleção brasileira, uma pela sub-20 e outra pela sub-23, dando espaço para Douglas Pires assumir a posição. 

Douglas atuou em oito jogos e foi sacado do time titular após Jean retornar da seleção no último sábado - coincidentemente, logo após Douglas Pires sofrer um frango no jogo contra o Sport, na Fonte Nova, pela semifinal da Copa do Nordeste.

Jean reassumiu a posição diante da Juazeirense - já tem nove jogos pelo time -, mas também falhou feio contra o Ceará. Além do troca-troca em campo, houve mudança no Fazendão. Em março, o preparador de goleiros Ricardo Palmeira, que estava no clube desde 2009, foi demitido pouco depois da contratação do atual preparador, Eduardo Bahia, que inicialmente chegou ao clube para ser coordenador da função.

 

Para o meia Tiago Real, as mudanças frequentes no gol não abalam a equipe. “Vejo os goleiros muito preparados. Jean tem assumido esse papel de titular e tem um potencial enorme. Quebrou a sequência por causa da convocação, que é uma coisa boa. Acho Douglas um baita goleiro também. Já joguei contra ele e sempre achei um paredão, um goleiro muito difícil de fazer gol. Ainda tem Omar, que tem uma rodagem boa. Não sinto ausência de ter um nome fixo, um goleiro mais forte, de poder dizer ‘ah, é esse o goleiro do time’. Eles atendem às expectativas”.

Para domingo, Sérgio Soares deve manter o jovem Jean no gol diante do Vitória da Conquista, no jogo de ida da final do estadual.

Titi e Bruno Paulista ficam à disposição para a final do Baiano
O Bahia terá dois importantes reforços para o jogo de domingo, que abre a final do Campeonato Baiano contra o Vitória da Conquista, fora de casa. O zagueiro e capitão Titi e o volante Bruno Paulista cumpriram suspensão no Nordestão e retornam. 

O tricolor joga por dois empates. A dupla estará disponível também para o jogo de volta contra o Ceará, que definirá o campeão da Copa do Nordeste, na quarta-feira que vem, em Fortaleza.

FONTE: Correio



Esporte LEIA TAMBÉM

Charge da Semana

CHARGE DO BOREGA

As mais lidas hoje