Tribuna Feirense

  • Facebook
  • Twiiter
  • 55 75 99801 5659
  • Feira de Santana, quinta, 06 de agosto de 2020

Esporte

Bahia vence de virada e vai à final do Nordestão

12 de abril de 2015 | 21h 19

Souza marcou os três do Bahia

Bahia vence de virada e vai à final do Nordestão
Souza comemora um dos três gols marcados na Fonte Nova

Foi sob o olhar de mais de 40 mil torcedores na Fonte Nova, que Bahia e Sport disputaram a partida de volta da semifinal da Copa do Nordeste, na tarde deste domingo, 12. E o duelo foi daqueles de deixar o torcedor de "cabelo em pé". Após o rubro-negro pernambucano sair na frente do placar, o tricolor conseguiu vencer de virada por 3 a 2. O herói do jogo foi o volante Souza, autor de todos os gols do Esquadrão.

Agora, o time comandado por Sérgio Soares se prepara para a final da competição contra o Ceará, que está marcada para os dias 22 e 29 deste mês. O primeiro duelo será na Fonte Nova e o segundo, no Estádio Castelão, em Fortaleza. 

O jogo

Depois de Bahia e Sport empatarem sem gols no primeiro duelo em Recife, na última quarta-feira, 8, a partida deste domingo teve ares de decisão. A importância do duelo fez com que os jogadores começassem a partida em um ritmo intenso e nervoso. Muitas faltas e erros de passes marcaram os primeiros minutos.

Aos 22, Renê cruzou na área e Diego Souza subiu mais que Titi para marcar de cabeça. O gol deu mais confiança ao Sport, que quase ampliou o placar com Élber. O jogador recebeu livre na área do Bahia e chutou, só que Douglas Pires fez a defesa.

A reação do Bahia veio somente no segundo tempo. Aos 7 minutos, Souza arriscou um chute de fora da área e Magrão não conseguiu alcançar a bola. Um minuto depois, o árbitro marcou pênalti a favor do Bahia, após Matheus Ferraz segurar Kieza na área. A marcação da penalidade foi bastante contestada pelos jogadores do Sport, que avançaram contra o árbitro Pablo Pinheiro, para reclamar da decisão. Souza converteu a cobrança com categoria.

Aos 13 minutos, foi a vez do Sport comemorar outro gol,  após Douglas Pires cometer uma  falha inacreditável. Aconteceu quando Renê cruzou na grande área e o goleiro tentou encaixar a bola, mas não conseguiu.

Cinco minutos depois, Souza aproveitou o rebote dentro da pequena área do Sport e marcou seu terceiro tento. Detalhe: desde sua chegada ao Bahia - em janeiro- o volante não havia marcado com a camisa tricolor.

O triunfo deste domingo fez o Esquadrão manter a invencibilidade dentro da Fonte Nova em 2015, em jogos do Nordestão. São cinco jogos disputados, sendo quatro vitórias e apenas um empate. 

FONTE: A Tarde



Esporte LEIA TAMBÉM

Charge da Semana

CHARGE DO BOREGA

As mais lidas hoje