Tribuna Feirense

  • Facebook
  • Twiiter
  • 55 75 99801 5659
  • Feira de Santana, sexta, 24 de janeiro de 2020

Economia

Falta de energia causa morte de 30 mil frangos em Muritiba

08 de abril de 2015 | 10h 59

Prejuízo é avaliado em aproximadamente R$400 mil

Falta de energia causa morte de 30 mil frangos em Muritiba
O número de animais mortos ainda está sendo contabilizado

Dezenas de milhares de frangos morreram na tarde de ontem na zona rural do município de Muritiba, recôncavo baiano, devido ao corte da energia que deveria ser fornecida pela Coelba.

Até o início da manhã desta quarta-feira a contagem dos animais mortos chegava a 30 mil, em 16 galpões. Mas o número deve subir, pois outros galpões também foram afetados e estão contabilizando as perdas.

O prejuízo direto com a mortandade e indireto com as outras aves que foram afetadas com a queda de energia pode ultrapassar os R$ 400.000,00.

A energia caiu por volta de 13 horas e só foi restabelecida às 19 horas. As aves são abrigadas em granjas com ventiladores e um sistema de aspersão que gera névoa de água. 

De acordo com Adriana Teodorio, gestora da Coelba de Feira de Santana, a empresa está ciente do acontecido, mas ainda não se sabe o que causou o corte de energia. 

Embora esta tenha sido mais grave, recentemente a indústria e os criadores da região foram vítimas de situações idênticas. Em dezembro de 2014 ocorreram duas quedas de energia. A primeira, no dia 18, quando 16 mil aves morreram e a segunda no dia 31, com a perda de outras 11 mil. 



Economia LEIA TAMBÉM

Charge da Semana

CHARGE DO BOREGA

As mais lidas hoje