Tribuna Feirense

  • Facebook
  • Twiiter
  • 55 75 99801 5659
  • Feira de Santana, sábado, 21 de setembro de 2019

Bahia

20% dos servidores ainda não se recadastraram no estado

07 de abril de 2015 | 17h 18
20% dos servidores ainda não se recadastraram no estado
Caso não façam o recadastramento até a próxima segunda-feira (13), cerca de 20% dos servidores públicos ativos ocupantes de cargos efetivos nas secretarias da Saúde (Sesab), Educação e Segurança Pública (SSP) poderão ter suspenso o pagamento dos seus vencimentos. A suspensão será mantida até que a situação dos servidores não recadastrados seja regularizada. Até agora, 80% dos servidores destes órgãos responderam ao formulário disponível no Portal do Servidor.
 
Devem se recadastrar funcionários que estiverem em atividade nos órgãos contemplados nesta primeira fase do recadastramento, inclusive aqueles contratados em cargo comissionado ou em Regime Especial de Direito Administrativo (Reda) e os que estejam em situação de férias; licença médica, licença prêmio, licença maternidade e outras licenças; à disposição de órgãos dos três poderes (com ou sem ônus); em exercício de mandato eletivo; respondendo a processo administrativo; em readaptação funcional, além de residentes; estagiários e menores aprendizes.
 
O objetivo do recadastramento é validar os locais e jornada de trabalho dos servidores e, com isso, operacionalizar o sistema de recursos humanos do Estado. Além de demarcar informações importantes para os novos gestores da Administração Estadual, o resultado do processo servirá para identificar a existência de possíveis não conformidades, a exemplo do acúmulo indevido de cargos e a incompatibilidade de horários de trabalho.
 
Ainda este ano, o Estado vai anunciar a outra fase do recadastramento de ativos, contemplando os servidores em atividade nas demais secretarias e órgãos da Administração Estadual. Dúvidas sobre o recadastramento de servidores ativos podem ser esclarecidas pelo e-mail recadastramento.ativos@saeb.ba.gov.br.


Bahia LEIA TAMBÉM

Charge da Semana

CHARGE DO BOREGA

As mais lidas hoje