Tribuna Feirense

  • Facebook
  • Twiiter
  • 55 75 99801 5659
  • Feira de Santana, sábado, 21 de setembro de 2019

Bahia

Trabalho segue para recuperação de adutora; 60% da cidade é afetada

04 de abril de 2015 | 10h 04

Rompimento ocorreu na quarta-feira (1º)

Trabalho segue para recuperação de adutora; 60% da cidade é afetada
serviço ainda não foi normalizado

Continuam na noite desta sexta-feira (3) os trabalhos de recuperação da adutora de água tratada danificada pelas obras do metrô de Salvador. Segundo informações da Embasa, cerca de 150 técnicos da empresa e da CCR Metrô Bahia estão em atividade para tentar sanar o problema, que afeta o fornecimento de água em cerca de 60% da cidade.

A adutora é uma das principais tubulações que alimentam o sistema da capital baiana, aduzindo água da Estação de Tratamento Principal, em Candeias até o Centro de Reservação do Cabula, o maior do município. Com a interrupção da adutora, o sistema teve uma redução na vazão de água tratada distribuída.

Nesta sexta-feira, a Embasa divulgou que após a identificação do ponto de ruptura na tubulação, a mais de 11 metros de profundidade, está sendo implantada uma estrutura metálica que vai permitir o acesso dos funcionários com segurança ao local para a execução do serviço de recuperação da adutora.

Ainda de acordo com comunicado emitido pela empresa, outra frente de trabalho executa a implantação de uma nova rede, com 350 metros de extensão e 1,2 metro de diâmetro. O serviço continuará durante a noite e a madrugada. Enquanto a situação não é resolvida, a Embasa orienta que a população afetada economize água.

Na tentativa de minimizar os transtornos à população, segundo a Embasa, está reforçando a produção de água da estação de tratamento da Bolandeira, responsável pelo abastecimento de 40% de Salvador, para atender as áreas afetadas.

Ressarcimento
Na noite de quinta-feira (2), moradores que tiveram prejuízos com a inundação da casa por conta do vazamento foram ressarcidos pela CCR Metrô Bahia, concessionária que constrói e administra o transporte. Duas famílias, consideradas as mais afetadas, receberam geladeiras, fogões, fornos microondas, máquinas de lavar roupa, guarda-roupas, televisores, sofás e aparelhos de som. O ressarcimento dos danos materiais foi exigidopelo governo da Bahia.

Localidades
A Embasa divulgou uma lista de locais da capital baiana que dependem do abastecimento da adutora afetada, e que podem ser afetadas pela falta de água. Veja relação:

Alto das Pombas, Av. Centenário, Av. Garibaldi, Av. Vasco da Gama, Barra, Calabar, Av. Centenário, Chame-Chame, Av. Garibaldi, Ondina, Parque São Braz, São Lazaro, Barra Avenida, Campo Grande, Canela, Engenho Velho da Federação, Federação, Gamboa, Garcia, Graça, Jardim Apipema, Rio Vermelho, Vitória, Amaralina, Candeal, Chapada, Cidade Jardim, Cidadela, Horto Florestal, Iguatemi, Itaigara, Nordeste de Amaralina, Parque Bela Vista, Pituba, Santa Cruz, Vale das Pedrinhas.

Calcada, Comércio, Baixa de Quintas, Baixa dos Sapateiros, Av. Djalma Dutra, Dois Leões, Estrada da Rainha, Santo Agostinho, Sete Portas, Barbalho, Caixa D´água, Iapi, Lapinha, Liberdade, Macaubas, Nazaré, Pau Miúdo, Pero Vaz, Santo Antônio, Saúde, Sieiro, Barroquinha.

Centro, Centro Histórico, Jardim Baiano, Tororó, Acupe de Brotas, Alto do Saldanha, Av. Barros Reis, Boa Vista de Brotas, Av. Bonocô, Brotas, Campinas de Brotas, Cidade Nova, Cosme de Farias, Daniel Lisboa, Engenho Velho de Brotas, Loteamento Santa Tereza, Luis Anselmo, Matatu, Av. Ogunjá, Santo Agostinho, Vila Laura.

Bonfim, Monte Serrat, Mares, Boa Viagem, Jardim Cruzeiro, Lobato, Caminho de Areia, Baixa do Fiscal, Ribeira, Massaranduba, Roma, Uruguai, Joanes Leste, Vila Rui Barbosa, São Caetano, Boa Vista do São Caetano, Capelinha, Alto do Peru e Fazenda Grande do Retiro, Curuzu, Santa Mônica, Guarany, Largo do Tanque, San Martins, Bom Juá, Retiro, Pernambués, Arraial do Retiro, Engomadeira, Saramandaia, Cabula, Resgate, Tancredo Neves, Doron, Saboeiro, Narandiba,  Arenoso, Santo Inácio, Calabetão, Mata Escura, Sussuarana, Barreiras e São Gonçalo.

FONTE: G1 BA



Bahia LEIA TAMBÉM

Charge da Semana

CHARGE DO BOREGA

As mais lidas hoje