Tribuna Feirense

  • Facebook
  • Twiiter
  • 55 75 99801 5659
  • Feira de Santana, segunda, 19 de agosto de 2019

Esporte

De virada, Brasil vence a França em amistoso

27 de março de 2015 | 10h 00

Foi a primeira vez que o Brasil venceu a França na casa do adversário

De virada, Brasil vence a França em amistoso
Brasil continua invicto em nova passagem de Dunga

O Brasil finalmente venceu a França na casa do adversário. Na reedição da final da Copa do Mundo de 1998, também no Stade de France, o Brasil deu o troco na seleção da casa ao vencer a partida por 3 a 1 de virada. O resultado foi importante para a seleção canarinha que faz os últimos amistosos preparatórios para a Copa América. De cabeça, Varane abriu o placar no primeiro tempo para os franceses. Ainda no primeiro tempo, Oscar empatou a partida. Já na segunda etapa Neymar e Luiz Gustavo viraram o jogo e sacramentaram a vitória para o Brasil.

O técnico Dunga segurou a escalação da seleção brasileira até o último minuto. Com a ausência de Diego Tardeli no ataque, o treinador brasileiro optou por Roberto Firmino para fazer dupla de ataque com Neymar. Já no meio do campo, Elias ganhou a chance de começar jogando e Fernandinho foi para o banco. Na vaga de David Luiz, cortado por lesão, Thiago Silva assumiu o posto de titular.

O Jogo
O primeiro tempo foi equilibrado em Paris. Com mais posse de bola, a seleção brasileira demorou para se encontrar em campo e teve dificuldades para vencer a forte marcação imposta pela seleção francesa. Enquanto isso, o time da casa se postou bem atrás e jogou no erro do Brasil.

O Brasil começou a partida levando um susto da França. Com apenas 7 minutos, Valbuena cobrou tiro de canto pela esquerda e encontrou Benzema no segundo pau sozinho. O atacante testou com força para o gol, mas Jefferson apareceu para salvar o Brasil, ao fazer uma grande defesa.

O Brasil apresentava falhas na marcação em jogadas de bola parada. E a França soube aproveitar isso para abrir o placar. Aos 21 minutos, Valbuena, o homem das bolas paradas da seleção da casa, cobrou escanteio pela esquerda e Varene subiu no segundo andar, no meio da área, para testar a bola no canto esquerdo de Jefferson e abrir o placar para os franceses.

O gol fez seleção brasileira acordar e tentar um jogo com mais posse de bola, rodando mais a redonda no campo de ataque para buscar espaços na marcação adversária, com trocas de passes rápidas. E a tática deu certo. Aos 40 minutos, Roberto Firmino recebeu a bola na entrada da área e tocou na passagem de Oscar. O meia venceu a disputa com Sagna no meio da área e desviou a redonda para o gol, deslocando o goleiro para empatar a partida.

O Brasil voltou outro no segundo tempo. Assim como o final da primeira etapa, o time de Dunga continuou dominando o jogo e criando as melhores oportunidades de gol da partida . A França caiu de produção e só levava perigo nas jogadas de bola parada. Por isso, a seleção canarinha não demorou muito tempo para virar a partida no Stade de France.

 O time de Dunga não deixou o ritmo em campo cair e ainda teve tempo de ampliar o placar. Aos 24 minutos, Willian cobrou escanteio pela direita, encontrando a cabeça de Luiz Gustavo no meio da área. O volante subiu mais alto do que a marcação para testar com força, no canto direito de Mandanda,. Com o placar confortável, o Brasil passou a administrar a partida e contar os minutos para o final do jogo para enfim comemorar uma vitória contra a França dentro da casa do adversário.

A seleção brasileira volta a campo no próximo sábado quando enfrenta o Chile, em Londres. Já os franceses jogam contra a Dinamarca, no domingo.

FONTE: Correio



Esporte LEIA TAMBÉM

Charge da Semana

CHARGE DO BOREGA

As mais lidas hoje