Tribuna Feirense

  • Facebook
  • Twiiter
  • 55 75 99801 5659
  • Feira de Santana, sábado, 28 de março de 2020

Geral

Promotor diz que copiloto teve intenção de derrubar avião

26 de março de 2015 | 10h 25
Promotor diz que copiloto teve intenção de derrubar avião
Copiloto teria trancado piloto do lado de fora da cabine
O copiloto do avião da Germanwings, que caiu nesta terça-feira, 24, matando 150 pessoas, teria derrubado a aeronave de forma "deliberada", de acordo com o promotor de Marselha, Brice Robin. Ele informou, em entrevista coletiva nesta quinta-feira, 26, que o profissional identificado como Andreas Lubitz, 28 anos, estava sozinho na cabine no momento da queda.
 
De acordo com sons registrados pela caixa-preta, ele não teria aberto a cabine para o piloto, que teria saído momentos antes. Os dois eram alemães.
 
Não há registro do copiloto falando antes do acidente, mas é possível perceber que ele está vivo e respirando. Pouco antes do impacto nos alpes franceses, a caixa preta registra o grito de desespero dos passageiros. Não houve sobreviventes no acidente.
 
Segundo o promotor, o copiloto acionou "deliberadamente" o mecanismo de descida do avião. Não houve alerta de emergência.
 
Ele não estava na lista de suspeitos de terrorismo e não há informações sobre seu estado psicológico, nem filiação religiosa. Apesar de afirmar que o acidente foi provocado pelo profissional, o promotor disse que ainda não é possível falar em ato terrorista.
 
Redes sociais
Após a divulgação que o copiloto teria provocado intencionalmente o acidente, foram criados perfis e comunidades com seu nome nas redes sociais. Em um deles, Andreas é chamado de "herói" do grupo terrorista Estado Islâmico.

FONTE: A Tarde



Geral LEIA TAMBÉM

Charge da Semana

CHARGE DO BOREGA

As mais lidas hoje