Tribuna Feirense

  • Facebook
  • Twiiter
  • 55 75 99801 5659
  • Feira de Santana, quarta, 13 de novembro de 2019

Esporte

Vitória eliminado no Barradão pelo Colo Colo

21 de março de 2015 | 16h 55

Vitória por dois gols de diferença deu ao time de Ilheus vaga na semifinal

Vitória eliminado no Barradão pelo Colo Colo
Os dois gols da partida foram marcados no primeiro tempo (foto Eduardo Martins)

O Vitória perdeu por 2 a 0 para o Colo Colo neste sábado (21), no Barradão, no jogo de volta das quartas de final do Baianão. O Leão não ficava de fora da final de um Campeonato Baiano desde 2001. Com direito a pênalti perdido por Neto Baiano, que havia marcado 2 gols e garantido a vantagem no jogo de ida, o rubro-negro deu adeus à vaga na semifinal.

O Leão também fica de fora da Copa do Nordeste em 2016, já que só os três melhores times do estadual se classificam. Nem o título do Nordestão deste ano garante mais a vaga para o Leão.

O Vitória entrou em campo mais tranquilo, afinal, como havia vencido por 2x1 em Ilhéus, o rubro-negro tinha a vantagem de poder perder por um gol de diferença. Mas a tranquilidade ficou no vestiário. Dentro de campo, o Vitória levou pressão desde o início do Colo Colo, que marcou logo aos 14 minutos do 1º tempo e ampliou aos 32.  

Com a derrota, o Vitória se despede da competição e o Colo Colo enfrenta o Vitória Conquista ou o Bahia de Feira. O jogo marcou a estreia do técnico Claudinei Oliveira, que chegou nesta semana a Salvador, depois de ter sido demitido do Atlético-PR no último domingo.

O primeiro gol saiu numa saída errada de bola da zaga do Vitória. Edinei se atrapalhou na saída da bola e não percebeu que Andrei chegava com velocidade. O jogador do Colo Colo tocou para Jucimar, livre para marcar. O gol no ínicio do 1º tempo animou o time do Colo Colo.

Aos 17 minutos, um novo passe errado do Vitória deixou Edinei em grande vantagem na área. Num novo erro de passe, o time de Ilhéus quase marcou.

Em um contra-ataque, Rhayner recebeu a bola pelo meio de um cruzamento pela direita e já chegou batendo. A bola tocou entre o peito e o braço esquerdo do zagueiro do Colo-Colo. Os jogadores rubro-negros reclamaram pênalti.

Aos 32 minutos, Flávio foi empurrado na entrada da área por Nino Paraíba, que tomou cartão amarelo. Jacson mandou um balaço de canhota em uma bela cobrança de falta, sem chance para Fernando Miguel. O resultado garantia a vaga do Colo Colo a esta altura.

Apenas um gol já garantia a passagem para a semifinal, mas com grande dificuldade para armar jogadas e acertar passes, o Vitória iniciou o 2º tempo com um jogo tenso e cometendo várias faltas de ataque. A falta de jogadas inspiradas dos rubro-negros deixou os jogadores do Colo Colo mais tranquilos para tocar com mais calma e armar as jogadas mais sólidas.

A sorte do Vitória quase mudaria aos 38 minutos, quando Joadson segurou Neto Baiano dentro da área e o pênalti foi marcado. O próprio Neto Baiano, que havia sido vaiado pelos torcedores durante a partida, foi cobrar. Mas o paredão Waldson se agigantou e pegou a cobrança. Neto Baiano perdia o pênalti e a chance de colocar o Vitória.

O Leão ainda tentou encurralar o Colo Colo nos cinco minutos de acréscimo. Mandou bola na trave, tentou contra-ataques, mas o apito final marcou o adeus à competição. Em 2006, o mesmo Colo Colo foi responsável pela dolorosa derrota na final do Baianão.

FONTE: Correio



Esporte LEIA TAMBÉM

Charge da Semana

CHARGE DO BOREGA

As mais lidas hoje