Tribuna Feirense

  • Facebook
  • Twiiter
  • 55 75 99801 5659
  • Feira de Santana, sábado, 26 de setembro de 2020

Segurança

Chega ao fim o sequestro em Riachão do Jacuípe

18 de março de 2015 | 08h 44

Sequestradores estavam com família dona de joalheria desde a noite de ontem

Chega ao fim o sequestro em Riachão do Jacuípe
Sequestro em Riachão do Jacuípe Diego abordado pela imprensa saindo da casa da família
Sequestro em Riachão do Jacuípe Diego no momento em que se entregou à polícia
Sequestro em Riachão do Jacuípe Policiais na frente da casa, antes da rendição de Diego
Sequestro em Riachão do Jacuípe Homem que foi preso à noite, quando estava no carro da vítima na porta da loja
Sequestro em Riachão do Jacuípe Movimentação da polícia antes da rendição do último sequestrador
Sequestro em Riachão do Jacuípe Multidão acompanhou inquieta o desenrolar do sequestro
Sequestro em Riachão do Jacuípe Dois dos bandidos que estavam com a mulher, dominados pela polícia

 

Acabou o sequestro de uma família em Riachão do Jacuípe. Com a chegada da mãe, trazida pela polícia, os sequestradores liberaram a empresária Leila, que era mantida como refém dentro da própria joalheria. O comparsa, que ficou na casa da família, com o marido Ivan Fonseca e uma filha do casal, de 10 anos, se entregou antes das 9 da manhã.
 
A ação frustrada dos bandidos começou na noite de terça-feira, quando invadiram a casa da família, no bairro Caixa d'água. Diego de Souza Bonfim, 18 anos, armado com um revólver, ficou na casa. Os comparsas, identificados como Danilo e Aldeir, além de um menor, seguiram com a mulher, que está no oitavo mês de gravidez, para consumar o assalto, na joalheria Mascarenhas, na rua Aurélio Mascarenhas, no centro da cidade.
 
Leila conduziu o próprio carro. Na chegada à loja, um membro da quadrilha ficou no interior do veículo e outros dois entraram. Uma viatura da polícia que fazia ronda estranhou a movimentação e abordou o homem que estava no carro. Ele tentou fugir mas acabou preso. 
 
Após esta prisão começaram as negociações. Diego, que estava com pai e filha na residência, exigiu a presença da imprensa para se entregar. Pouco antes de 9 da manhã, jogou o revólver e saiu.
 
Cerca de uma hora depois os outros sequestradores libertaram a mulher na joalheria, após a polícia trazer a mãe de ambos, para participar das negociações. Os bandidos foram levados para  a delegacia. A mulher foi para o hospital e segundo o médico Leon, que realizou a ultrassonografia, não há riscos para o feto. 
 
Segundo a polícia, com a quadrilha foram apreendidos dois revólveres calibre 38 e uma espingarda calibre 12. 

FONTE: Fotos de Raimundo Mascarenhas, do site Calila Notícias



Segurança LEIA TAMBÉM

Charge da Semana

CHARGE DO BOREGA

As mais lidas hoje